26 de julho de 2016

Nas agulhas - Estuary

A foto não sobressai a trabalheira que este trabalho dá, até hoje a peça com mais 'lace' ou pontos abertos que já fiz. É trabalhada de uma ponta à outra seguindo uma série de esquemas que se repetem ou não conforme a parte que se está a executar. Já faz parte da minha lista de peças que gostava muito de tricotar à muito tempo. É da autoria de Emily Wessel, uma das fundadoras  da Tin Can Knits e é uma instrução gratuita mas não menos desafiante. Já me perdi algumas vezes, mas a grande maioria das vezes é-me fácil de corrigir ainda que a 2 carreiras adiante. É uma prenda de mim para mim já que o dia em que farei 34 anos se aproxima a passos largos. A lã que estou a usar é uma para meias que tenho em alguma quantidade e quero gastar para dar espaço a outras igualmente bonitas ;o) Na foto abaixo é a azul mesclada. Boa semana ;o)


antler
fonte

19 de julho de 2016

Casaco-Quimono

Ontem só me faltavam fazer as costuras, mas ainda terei que as reforçar nas costas. Hoje de manhã tentei tirar umas fotos para mostrar como ficou mas a máquina com o temporizador não foca à distância que eu estou e as fotos saem mal e para além disso nem reparei que o fato de banho do meu filho estava pendurado no estendal ;o). Deixei uns fios rosa a marcar onde gostaria de colocar botões, mesmo não tendo feito casas para eles conheço uma forma de abrir a malha com uma tesoura, sem cortar, e como esta lã é fina, mas com as argolinhas, a malha tem bastantes abertos e permite isso. Ainda estou a ponderar os botões (gosto também sem eles) para os usar teria que encomendar 3 para fazer conjunto com os das mangas que a meu ver resultaram bem em ficar assim. Não ficavam mal como estavam antes da dobra mas a costura da parte de cima do decote, nas costas, faz elas arrebitarem um pouco em cima e achei que a dobra ficava tão giro. As peças em malha são complicadas de costurar e nas costas isso nota-se bem, terei que reforçar melhor para dar melhor acabamento. Foi uma lã complicada de tricotar, nada amiga de desmanchos, mas gostei da experiência.É super quente mas tão leve que dá gosto de vestir, agora com o calor é que nem pensar ;o) transpirei horrores enquanto tirava as fotos, por isso nem repeti as fotos ;o) Usei agulhas 5mm e gastei 6 novelos certinhos para o casaco. Sobrou-me 1 novelo e ainda não sei o que fazer com ele. O fio é o Alpaca Bouclé da Drops. Boa semana para voçês ;o)





18 de julho de 2016

De volta ao mesmo

Escrevo isto meio desanimada e em nada tenciono tornar este blog num blog de lamentos mas voltei a passar pelo mesmo do mês passado, no mesmo olho. Em 10 dias depois da alta que a médica me deu... foi mais leve mas ainda assim deixou-me desanimada. Tricotei um pouco mais do que tricotei antes de terminar o último tratamento, comecei umas meias, já tenho uma delas terminada e tenho estado a concluir o casaco quimono em alpaca bouclé da Drops. Computador e tricot poderão ser dos causadores e seu eu gostasse de ler? e se eu tivesse que estar à frente de um computador o dia todo? Da primeira vez tratou-se dos sintomas agora terei que procurar a causa e só espero que possa manter este hobbie da forma como gosto, já tinha alguns projectos em mente e assim como assim ficam em modo de espera. Termino o casaco e se puder termino as duas meias de 2 pares diferentes que tenho começados e depois veremos... Entretanto este blog 'conquistou' 160 mil visualizações (obrigada a quem passa por cá ;o) Terei de dar umas férias aos olhos e como farei isso? de olhos fechados ?! Assim que tenha novidades do casaco passo por cá para mostrar !



14 de julho de 2016

Circle socks

Dizia eu que não ia fazer ou começar mais nada enquanto não acabasse o casaco, estava tão enganada... no entanto o casaco está quase no fim, mais uns 30 cm sempre a direito e só ficam a faltar as costuras.
As circle socks, pesquisem por este nome (hoje publico no telemóvel e colocar links é mais complicado) já fazem parte da minha longa lista de instruções que gostava de testar mas nunca se proporcionou. Com algumas diferenças das instruções originais, no começo dos primeiros 'círculos', e o facto das meias serem às riscas e toe up como também o facto de usar 2 fios, o cinza e o matizado com efeito de riscas. Só com um fio matizado é também possivel conseguir o mesmo efeito já que as instruções não têm grande ciência, tudo se baseia em fazer carreiras em liga, seguidas de outras em meia onde se passam pontos da carreira em liga sem tricotar. Gosto bastante do efeito e o bom é que é difícil perder-me e bastante fácil de me encontrar ;o) boa semana para vocês!

5 de julho de 2016

Alta

Tive alta do meu problema nos olhos, uma recuperação fantástica, segundo a médica. Carta branca para tricotar já que o meu problema está longe de se dever ao tricot. A miopia agravada está quase extinta, já vejo tão bem quanto via antes do problema por isso agora é seguir em frente nas calmas e pensar bem no que gostava de fazer. Uma coisa é certa, o casaco que tenho começado vai ser acabado e somente ele irá requisitar a minha atenção, já tenho mais de metade feito, só falta mesmo acabar a frente direita e depois começar a frente esquerda. Hoje mostro-vos a que passo estou. 

As frentes compõem também o topo das costas e eu estou no ponto onde a agulha está espetada no casaco (ver imagem). A mola em azul é mais ou menos o meio onde as duas frentes terão de se unir entre si e a parte das costas. O fio é um desastre para desmanchar e às vezes tricoto em liga no lado que deveria ser em meia e desmanchar é um horror e apesar de se notar pouco os erros como a malha em liga sobressai para fora e a em meia 'afunda' os erros notam-se um pouco, mas isso sou eu que sou perfeccionista e fiz o esforço hercúleo de desmanchar algumas vezes. Houve alturas que dei pelo erro muitas carreiras depois  então decidi ir desmanchando malha a malha, carreira a carreira com a agulha de crochet... Mas o efeito do fio é super confortável, o meu filho mais novo quando lhe toca ri-se, deve de achar bastante fofinho ;o)
Boa semana para voçês !