Instagram

Entre agulhas e outros hobbies é aqui que me encontram ! @uma.pausa.para

5 de abril de 2016

O poncho que não chegou a ser um

Dei por terminado o remate das pontas do poncho que se transformou numa estola. Seguindo a minha ideia inicial do poncho ficaria com um poncho sem gola numa peça que estava com um decote demasiado aberto. Apenas sobrou-me lã para fazer um bordo de ponto baixo e uma corrente por toda a peça e nas pontas um pseudo ponto caranguejo que fiz com mais duas correntes em crochet. Ainda pensei em adquirir lã parecida para poder fazer gola e bordo para poder fazer o poncho mas não quis perder mais tempo com esta peça. Como foi uma lã adquirida numa loja longe de onde moro e de uma marca pouco conhecida corri o risco de a lã não chegar. O ponto mousse não ajudou, consome bastante lã porque encolhe. No entanto fiquei bastante agradada em aprender os mitered squares e conseguir o efeito de log cabin. Entretanto estou a fazer mais um par de meias numa lã deliciosa de tricotar que se não fosse tão dispendiosa não me importaria de comprar mais. Boa semana para vocês ; o)



 

13 comentários:

  1. Susana a primeira peça está espetacular! Adorei as cores e o modelo!
    As meias...mais um sucesso!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  2. Susana a primeira peça está espetacular! Adorei as cores e o modelo!
    As meias...mais um sucesso!
    Bj amigo

    ResponderEliminar
  3. Faz um efeito tão bonito esses "mistered squares" e gosto tanto dessas cores ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana, o senão de fazer o blog com log cabin é que depois tenho que costurá-los e isso não dá um acabamento tão bonito no avesso. As cores não são bem a minha cara mas acho-a bastante bonitas. Beijinhos

      Eliminar
  4. Como já tinha comentado anteriormente, adorei essas cores do suposto poncho que virou estola, mas tenho a dizer que acho no meu ver que ficou maravilhoso, Parabéns Susana.
    Quanto às meias como sou uma grande fã,essas são mais umas que adorooooo.
    Bjs e um resto de uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Susana, tive pena de a lã não ter chegado para poncho completo (com gola mais subida) mas garanto que ao estar sentada aquece bem as pernas e na mesma é super versátil de usar. Beijinho

      Eliminar
  5. Olá, a estola que era poncho, ficou maravilhosa, adoro as cores, e deve ser bem quentinha. As meias vão ficar lindas, alguma lã pode ser bem cara, mas uma vez não são vezes 😊 Bom trabalho, bjos doces

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Lurdes, de facto o investimento na lã das meias compensou ! Beijinho

      Eliminar
  6. Olá, obrigada pela visita e pelo carinho :-) A lã é mesmo esta, mas felizmente não está a partir e estou a usar agulhas 2,5mm, já encomendei umas em metal deste tamanho que vou levantar amanhã aos correios lol. Ainda não experimentei fazer meias em magic loop, nem toe up, mas está nos meus planos ;-)
    Obrigada por gostares do podcast, também não seguia muitos, mas agora estou a procurar mais, principalmente em português, só que realmente, há poucos, mas por vezes em vez de ver televisão, estou a ver podcast, só desta forma os acompanho, não consigo só estar a olhar para o computador sem nada nas mãos lol. Se tiver mais reações como a tua, vou continuar a fazer os meus ;-) ;-)
    Boa semana, bjos doces

    ResponderEliminar
  7. Olá Susaninha, viva!
    Adorei a tua estola, tem umas cores tão lindas! E o fio parece bem fofo e quentinho, gostei muito e cai-te que nem uma luva. O arremate final deu-lhe mais requinte e originalidade, estás de parabéns!
    As meias, outra fofura, estão a ficar lindas demais e muito perfeitas. Um dia tens de me ensinar a fazer esse calcanhar, ainda não tive tempo de o traduzir, por isso vou adiando a aprendizagem, mas que tenho curiosidade lá isso tenho. Nunca comecei meias pelo pé, acho muito engraçada a forma de as fazeres, para mim é "chinês" só sei mesmo à moda portuguesa, eh!
    Beijinho grande e obrigada pelas deliciosas partilhas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Lete ;o) Quanto às meias e ao calcanhar se perderes uns minutinhos de roda das imagens que explicam a fazer os twin stitches em meia e liga vais perceber a lógica da coisa depois conforme o número de malhas que uses para o calcanhar (metade da totalidade das malhas das meias) divide-as em 3 partes quase iguais, a autora até dá como ex das 64 malhas, 32 para calcanhar: 1 malha de cada lado, 10 para os twin sts de cada lado e 10 centrais. É adaptar para o que normalmente se trabalha. O bom é que nunca se reduz/aumenta temos sempre o mesmo nr de malhas e trabalhamos também quer do avesso quer do direito para fazer crescer o calcanhar. Depois de interiorizado é tão giro ver crescer o calcanhar que só dá vontade de fazer muitos !!! Beijinhos querida, qualquer duvida estou ao dispor!

      Eliminar
  8. Gosto sempre dad tuas escolhas de cores. E essas meias, cheiram-me a uma grande trabalheira lol é por isso que não faço malha.

    ResponderEliminar