Instagram

Entre agulhas e outros hobbies é aqui que me encontram ! @uma.pausa.para

26 de fevereiro de 2015

Baktus de retalhos

E ontem dei por terminado o cachecol baktus de retalhos, ou seja, de restos de lãs de espessura fina, média e grossa. Ainda usei lãs de outros trabalhos que não mostrei no post anterior visto que depois da primeira metade do baktus comecei a notar a falta de lãs que fizessem um contraste bonito no meio dos mesclados de azul e cinza que ainda tenho de sobra, o que me faz parecer que este será o 1º de alguns trabalhos de aproveitamentos de lãs, já que eu adoro a lã mesclada de azuis, cinza e bege que usei numa camisola que fiz para o meu marido e foi a que sobrou mais. Fiz alguns baktus mas nenhum para mim, todos com formatos diferentes e pensados para os gostos e idades. Fiz algumas Golas/cachecóis com aproveitamentos mas apenas uma para mim (ver última imagem). E com algum tempo perdido a fazer novelos consigo fazer algo irrepetível ;o) Seguem-se muitas fotos, especialmente de partes da baktus nas quais pretendo mostrar as muitas variações de cor que usando muitas lãs proporciona.















a minha gola é a do lado direito em baixo, bem como o detalhe das variações de cor por cima da mesma










20 de fevereiro de 2015

Gosto

Gosto do aspecto tosco da transição de novelos, e da forma como as cores se vão juntando umas às outras. Garanto-vos que é muito mais bonito ao vivo ;o)
Bom fim de semana ;o)




aqui podem ver uma emenda no fio que está por tricotar


13 de fevereiro de 2015

Chegaram

uns quantos brinquedos para mim ;o) Pela primeira vez encomendei online algo que não consigo encontrar facilmente, lã própria para fazer meias, meias daquelas que se conseguem calçar bem com qualquer calçado. Para isso tive que investir em agulhas próprias e apesar de estas não serem a minha preferência não quis encomendar lãs sem ter logo material para brincar um bocado com elas. Acho que este é o princípio de uma grande relação de amizade, ainda que comercial ;o)


Não resisti

e comecei a fazer um novelo com restos de lã. Sobrou ainda bastante da lã novelo que usei para fazer as Neilikka mittens (que foram feitas com o que sobrou da Eyeblink Shawl) e gostei tanto das tonalidades dessa lã que me deu pena sobrar a quantidade que sobrou e eu não ter nada para usar esse resto. Depois lembrei-me de outros restos de lãs que tinha, principalmente das lãs mais grossas e que eu usei para outros trabalhos em tricot e comecei a uunir por brincadeira com a Russian Join e depois, curiosa, decidi tricotar um pouco com esse novelo pequeno para ver o que saía... e acho que não vou conseguir parar por aqui ;o)


 Lãs que sobraram destes trabalhos:


E depois de andar a procurar por imagens dos trabalhos que fiz lá me deparei com a camisola que fiz e que este Inverno ainda não usei.... com muita pena minha pois a amamentar não me dá grande jeito usar camisolas grossas. Foi a minha 1ª e unica camisola que fiz e que me encheu as medidas em todos os aspectos. Adoro e sempre adorei fazer torcidos e apesar de não ser nenhuma ciência de fazer dá trabalho e exige paciência para não me perder no esquema e depois porque frente e costas eram com o mesmo esquema de torcidos ;o)
Bom fim de semana para voçês !






10 de fevereiro de 2015

Para combater o frio



Nada melhor que acender a salamandra e quando sobra um tempinho retomar o casaco que resulta de dois desmanchos: da Saroyan Scarf que desisti por não gostar do efeito com esta lã (já tinha feito mais de metade) e do casaco em crochet que não me encheu as medidas no pós parto, ficava-me melhor com a barriga grande (e já só me faltava acabar uma manga).
O casaco que estou a fazer demora para se notar que está a crescer, o ponto mousse, ou garter stitch, encolhe um bocado e é preciso muitas carreiras de 200 pontos para se ver concretamente qualquer coisa ;o) Ao menos estou a fazer frentes e costas ao mesmo tempo ;o) Ainda senti-me tentada a fazer qualquer coisa mais pequena antes de pegar novamente no casaco mas fui mais forte e pensei que se não vou pegando nele nunca mais o verei acabado, ainda que seja só para o próximo inverno, esta lã já sofreu demasiados desmanchos para hesitar novamente. Há quem diga que à terceira é de vez !


a Saroyan scarf e o casaco que desmanchei
este é o modelo que estou a fazer sem adição de uma 2ª cor, mas estou pensando fazer mais comprido que o modelo original.

7 de fevereiro de 2015

Um par

de luvas ;o) Consegui resolver o 'problema' dos botões e optei por umas missangas que têm uma história. Essas mesmas missangas foram outrora um colar daqueles que dão muitas voltas ao pescoço. Esse colar pertence(ia) à minha mãe. Ela nem deve de sonhar que tenho o que sobra dele. Quando era criança adorava tudo o que era bijuteria e volta e meia pegava num alicate ou mesmo tesoura e roubava uma missanga e fechava o colar novamente até ao dia que fiquei com ele e agora só sobram restos do mesmo. E como as missangas têm cores que ficam mesmo bem com a lã achei o casamento perfeito ;o) Nas fotos não é perceptível as verdadeiras cores das missangas: a do losango de baixo é lilás com laivos brancos; a do meio cor de caramelo e branco; e a de cima cor de tijolo ;o)





5 de fevereiro de 2015

Para completar o par

demorei mais para começar a 2ª luva por tentar fazer com que as tonalidade batam mais ou menos certo com a outra. É mais fácil fazer luvas que meias e melhor, mais rápido ;o) e fácil de memorizar ;o)


4 de fevereiro de 2015

A tempo do frio ?

Parece-me que sim ! Optei por fazer luvas mas a minha 1ª ideia era fazer uma boina/gorro com a lã que sobrou do xaile, mas depois lembrei-me que, apesar de usar bastante a boina em crochet que fiz, faria-me mais falta umas luvas. Desde que voltei a empurrar um carrinho de bebé (com o meu 1º filho já não o usávamos à bastante tempo) é que comecei a sentir nas mãos o friozinho que me faz doer todos os ossinhos das mãos... E estou a gostar bastante das instruções ! Pena é não ter uns botões que façam jus à peça, e muito provavelmente irão ser acabadas antes sequer de ter botões para elas.
E já estava com tantas saudades de publicar mais amiúde por aqui ;o)



3 de fevereiro de 2015

Para acabar com a lã que sobrou

da Eyeblink Shawl encontrei o projecto que julgo dar para acabar com essa mesma lã - as luvas Neilikka - da mesma autora das instruções do xaile que fiz e de download grátis. E será uma boa oportunidade de 'desenferrujar' as agulhas de 2 pontas, a ver se não me arrependo de tentar fazer estas luvas, já que não é de todo um trabalho de fácil portabilidade e tem bastantes técnicas de pontos a serem aplicadas. Uma dessas técnicas, a qual estou a adorar, é o torcido do ponto meia na barra 1/1. Fica tão bem mais definida a barra, eu que nunca gostava de fazer 1/1 agora com esta técnica ADORO ! 

fonte






2 de fevereiro de 2015

Eyeblink shawl [Parte 2]

E depois de seco quase na totalidade, bloqueei o xaile e ficou enorme. Não medi o comprimento mas estimo uns 2,40 de comprimento já que consegue ser um pouco maior que o meu sofá ;o) Estou muito feliz com este trabalho, o meu 1º depois de ter sido mãe novamente... No bordo decorativo tive mesmo que o fazer quando tinha a casa em silêncio ou então com os pequenos minimamente bem comportados. O André ainda chegou a adormecer algumas vezes a olhar-me tricotar (provavelmente não lhe diz nada e acha melhor dormir). Hoje o dia acordou cinzento e frio, por isso as fotos foram dentro de casa ;o) e nada de 'desarrumar' a casa para tirar as fotos, os bonecos já fazem parte da decoração ;o)
Boa semana para voçês !






1 de fevereiro de 2015

Eyeblink Shawl [Parte 1]

E terminei ;o) Depois de lavada à mão estendi-a para forçar a parte que precisa de ser mais 'esticada': o inicio do xaile, onde mesmo tendo feito a montagem das malhas-base de uma forma mais lassa, ainda assim foi pouco e o xaile tende a enrolar um pouco sem esta 'agressão'. Mas ainda vou bloquear com o vapor do ferro de engomar. Fiz o remate de forma diferente e não me arrependo, não estava a gostar da forma sugerida nas instruções. O bordo não deu muito trabalho mas quando errava alguma vez era coisa para me desmoralizar, às vezes só dava conta 2 carreiras depois, quase 600 malhas depois... Apesar de não gostar muito da forma como o xaile começa e de achar que não favorece muito a 'caída' do xaile fiquei tão orgulhosa quando rematei os últimos pontos ;o)
Desejo-vos um bom resto de fim de semana !