27 de março de 2014

Para bebés

Não tenho trabalhado o tricot e o crochet muito activamente, às vezes passo dias sem lhes tocar. Na 3ª feira voltei a fazer crochet (desde o fim da manta de estrelas e um entremeio da manta que estou a fazer a passo de caracol para o meu sofá - esta é sem dia marcado para fazer ou terminar, para ir fazendo...) um ripple, o meu 1º ripple, para a cama de grades do meu bebé e segundo as medidas que obti bem dá para uma cama de tamanho de criança ;o) As cores serão as mesmas que a da manta de estrelas e seguindo este esquema decidi fazer o bordo direito ao invés de manter o zig zag do ripple.
Neste post posso demonstrar-vos como fiz as franjas do Dayflower Scarf. Não sei se foi derivado da lavagem mas as franjas ficaram torcidas e com a demonstração que faço aqui no blog não faço ideia se as mesma irão torcer com a lavagem. Na Dayflower usei novelo de algodão e nesta demonstração fiz com acrílico e para a execução das franjas usei uma régua para manter as franjas com a mesma medida.
Trabalhos em tricot em curso e agora um pouco parados são 2 casacos, o Puerperium Cardigan, um em algodão (confesso não gostar muito de tricotar em algodão, especialmente o fino, por achar que não consigo um ponto perfeitinho) e outro em acrílico para bebé mas com mudança de ponto principal, todo em ponto mousse. O casaco verde será para um bebé de Verão e o bege para o meu ;o)
Boa semana para voçês ;o)



os casaquinhos em tricot

 Franjas em crochet
faço o inicio e puxo o fio conforme o tamanho da franja pretendido

na corrente seguinte puxo uma laçada do fio do novelo

nova laçada

e fecho

aperto o ponto e puxo até ao tamanho pretendido para a franja
(para o cachecol que fiz inseria cada franja dentro de uma régua de cartão)

volto a repetir os passos anteriores 





21 de março de 2014

Voltei

com as baterias carregadas e alguns trabalhos conluídos ;o) Por cá a saúde está a melhorar, a varicela não chegará a mim(nem ao bebé) segundo os resultados das análises que fiz, o marido está a melhorar e o pequenote está sem sinais dela. O ânimo voltou e consegui terminar o cachecol Dayflower para a minha sogra e meias para o meu sogro a tempo do aniversário deles ;o)


fiz umas franjas e acho que deram muita graça à peça, um dia destes mostro como as fiz em crochet sem ter que cortar fio a cada franja



ficou à medida da cama com bastante margem para entalar em baixo e de lado. No estendal a parte de cima estava dobrada para não roçar no chão

detalhe do lado direito da manta


detalhe das costuras no avesso da manta

o bordo é uma sucessão de pontos altos (3 carreiras) mas na última carreira fiz 3 fileiras de 'slip stitches' dentro de cada espaço dos pontos altos, fazendo um debrum espesso e que mantém firmeza à manta.



15 de março de 2014

Prometo voltar em breve

Quando a saúde falta a um membro da família já por si só é muito incapacitante para os demais membros quando todos adoecem as coisas são ainda mais difíceis de gerir. Esperamos aqui em casa passar com distinção por esta 'prova' e recuperar a vontade de fazer o que vos tenho acostumado a ver por aqui. Pai do meu filho com varicela, o meu filho de 29 meses com tosse e expectoração que poderá contrair devido à exposição da doença no pai e eu que ainda não faço ideia da minha imunidade em relação à doença (e também doente com tosse e expectoração) e agora gravida as preocupações são maiores, por isso na minha cabeça não mora mais a vontade de me agarrar aos projectos que tinha em mãos, mas posso contar-vos que já acabei a manta de estrelas mas com muita pena minha não senti alegria depois de a terminar visto que todo este turbilhão de doenças começaram quando a acabei.
Beijinhos e até breve ;o)

10 de março de 2014

A branco

Já tenho rematadas cerca de metade das pontas do avesso da manta, muitas delas das costuras do início da manta onde costurava sem ordem específica e não ia dando nós a novos fios. Já mais perto do fim optei por à medida que o fio ia acabando dava um nó e ia escondendo as pontas do nó na própria costura e nunca ficava com pontas soltas por rematar... com muita pena minha só fiz isto mais para o fim das costuras. Depois tive o dilema de manter os hexágonos bem definidos nos cantos das estrelas e apenas a partir da metade da manta comecei a costurar de forma diferente, apanhando uma parte da corrente e a 'back loop' do ponto alto (espero daqui a pouco tempo mostrar-vos em detalhe este aspecto). Esta última forma de costurar definia mais as formas e o melhor, juntava bem os vários motivos e só mesmo puxando muito é que se vê as costuras. Ainda pensei reforçar as primeiras costuras que fiz, mas sinceramente estou desejosa de acabar esta manta ;o) Para futuros trabalhos nesta técnica saberei qual a melhor forma de se obter melhores resultados ;o)
Optei por fazer só uma barra em branco como bordo, talvez faça apenas 4 carreiras - já vou na 3ª ;o) mas é um trabalho um tanto monótono (para não dizer aborrecido).
Talvez no fim desta semana já a tenha terminada, quem sabe antes? 
Boa semana para voçês !


7 de março de 2014

Uma prenda de aniversário

Desisti de oferecer a Saroyan Scarf à minha sogra, acho melhor ideia oferecer uma peça que ela possa usar do aniversário em diante e os dias começam a ficar mais amenos, a Saroyan é de acrílico e lã pura e conhecendo a minha sogra como não friorenta, acho que não seria boa ideia oferecer-lhe apesar de saber que iria gostar e ficar feliz. Optei por usar um fio de algodão grosso que tenho em espera à muito tempo, depois de desistir de fazer o que tinha pensado com ele.
O cachecol que estou a fazer é a Dayflower Scarf e depois de algumas confusões com os símbolos quase idênticos do esquema e que me baralhavam muito lá tive que fazer alterações aos esquema para me facilitar a vida ;o)

3 de março de 2014

Perto do fim

com 7 hexágonos por fazer e duas metades de estrelas (com 4 pontas)... No outro dia fiz um teste na cama do filhote quando ainda tinha por fazer 2 carreiras de hexágonos e 1,5 de estrelas e seguindo esquema da revista o tamanho foi certeiro ! Depois quero fazer uma barra fina em branco, uma barra grossa numa das cores, talvez o azul ou o vermelho e outra barra fina de branco ;o) Com esta parte final ainda demorarei muito mas a parte mais trabalhosa e cansativa acabará ;o) e o resultado à vista será um céu estrelado aqui dentro de casa ;o)



a foto está péssima por pouca luz mas adorei ver a cama coberta de estrelas ;o)