Instagram

Entre agulhas e outros hobbies é aqui que me encontram ! @uma.pausa.para

30 de dezembro de 2013

Meias em crochet e tricot - a 1 e a 4 agulhas

Antes deste Natal comprei um conjunto de agulhas de 2 pontas e 2 novelos para fazer umas meias para o meu marido, no entanto só ontem  é que comecei a fazer estas meias, testei uma vez com agulhas circulares e decidi investir em agulhas apropriadas.
Na altura que comprei o conjunto de agulhas de duas pontas tinha visto esta receita de meias/slippers e apesar de ser em finlandês é muito fácil fazer. Com quadrados todos da mesma medida consegue-se fazer meias apropriadas para todo o tipo de pés, as que vos mostro fiz com quadrados de 8cmx8cm, pena é a lã não ser a mais apropriada, pois a sola 'espalma-se' muito com o andar mas para usar junto com umas pantufas e até mesmo para dormir é uma forma de aquecer os pés. Experimentei com a mesma agulha, a de 3mm e fiz quadrados de 4cmx4cm e deu tamanho de bebé talvez até um ano de idade, o meu filho tem 26 meses e já calça o 25 e nem o pé entrava na meia que fiz... Talvez experimente com os quadrados 5cmx5cm. No entanto fiz as meias em crochet e em vez de fazer os quadrados à parte e depois unir preferi ir mudando de cor à medida que fazia o esquema. A parte de unir uns lados aos outros é um bocado complicada e nessa parte o facto de se fazer com alternância de cores ajuda muito mas o esquema providenciado pelo link mostra através de símbolos quais as parte a unir, depois de se fazer a 1ª já se faz melhor a outra meia.









28 de dezembro de 2013

Uma oferta-expresso e o meu wip em crochet

Ao embrulhar as prendas que fiz para oferecer mudei de ideias em relação ao destino de uma delas, a boina foi junto com uma gola da mesma cor pois achei que fariam um belo conjunto para uma menina muito querida ;o) Ontem, aproveitei o facto da avó da menina que queria oferecer a boina inicialmente vir aqui e fiz um cachecol, uma baktus, mas adicionei uns pompons ;o)



No último post revelei que ando a fazer hexágonos novamente, não quis esmorecer depois da manta de hexágono que ofereci neste Natal, à alguns meses que quero muito fazer uma manta de estrelas para o meu filho e o facto de não ter nenhum projecto trabalhoso no momento decidi começar de vez esta manta.

à 2 dias atrás:


 Hoje andei a costurar os hexágonos e as estrelas, é muito trabalhoso e demorado mas acho que valerá bem a pena quando acabar ;o)


27 de dezembro de 2013

Melhor que oferecer

coisas feitas por mim é mesmo receber ofertas feitas por quem me oferece. Este Natal recebi uma camisola feita pela minha mãe, um casaco para o meu filho também feito por ela, da minha querida amiga Magda um jogo para o meu filho e para mim um organizador para as minhas agulhas e coisas que queira ter organizadas todas no mesmo lugar, nem ela imaginava que andava a tentar fazer algo parecido mas sem sucesso pois eu e a minha máquina de costura nem sempre somos as melhores amigas ;o) Adorei todas as prendas, pelo conforto, pela dedicação, pela perfeição... Brevemente mostro-vos o que ando a fazer em crochet, algo demasiado adiado e já tanto pensado, apenas adianto que voltei a fazer hexágonos, logo eu que tinha escrito por aqui que não voltaria tão cedo a fazer... ;o)






na foto esqueci-me de colocar a bolsinha que guardava o jogo

o que a minha amiga Magda me ofereceu, agora o rolo está bem mais cheio do que na foto ;o)

22 de dezembro de 2013

Em contra-relógio

É assim que a manta de hexágonos por aqui anda, tive alguns percalços no fim que me fizeram optar por não deixar os 2 lados direitos, correu mal, enrolou e ainda enrola um bocado. Já meio cansada de fazer e desmanchar finalizei como pude, afinal o Natal já está quase à porta e as pontas por cortar e rematar eram bastantes. Esta noite termino ela de vez e embrulho-a assim que tiver um tempo extra. Ficou com 1,70x1,50m e levou 230 hexágonos, a mesma quantidade de unidades que a minha manta de granny squares levou, mas ficou mais pequena. Adorei fazer esta manta mas nem quero pensar em hexágonos num futuro próximo ;oD
Gostaria de desejar-vos um Santo e feliz Natal na companhia dos vossos familiares e amigos. Beijinho

Susana  







17 de dezembro de 2013

Agora fora das agulhas

 Não consigo deixar de namorar a Titanium Shawl que acabei ontem à noite, a minha primeira echarpe/xaile em tricot com detalhes em lace. Ainda me recordo de duvidar de ser capaz de conseguir fazer o lace edging... Não é difícil de fazer mas também não é algo para se fazer a ver televisão ou a conversar com alguém, das vezes que não o fiz em silêncio e sem ninguém por perto errei no esquema e apesar de a uma determinada altura perceber a «lógica» de como os pontos se vão formando e conjugando, basta uma laçada a mais, ou a menos, ou uma diminuição feita de forma diferente para o resultado final ficar muito comprometido. Desmanchei uma vez o lace edging TODO, ontem faltavam-me umas 4 carreiras para a ultima repetição e de noite dei conta de um erro e tive que desmanchar até ao fim da ultima repetição e terminei exactamente onde estava quando publiquei o ultimo post. Sinceramente, prefiro com essa repetição a menos. No entanto vou ter tempo para namorar pouco esta peça, pois hoje irá chegar às mãos da pessoa para quem a fiz. É de salientar que não gastei 1 novelo inteiro de 100g (sobrou o que está na foto do post anterior) e o melhor de tudo, esse novelo custou-me 2,5€ ! ;o)
Boa terça-feira para voçês !





16 de dezembro de 2013

Desmanchei e refiz

A poucas carreiras do fim da Titanium Shawl desmanchei a lace edge que tinha feito, detectei um erro meu no entanto essa não foi a maior razão que me fez desmanchar a totatidade do bordo mas sim o facto de eu não estar a gostar do efeito das agulhas nr 5 para essa parte mais decorativa, os pontos ficavam demasiado lassos, pouco definidos e optei por recomeçar o lace edging com agulhas nr 4. Em boa hora desmanchei, está a ficar lindo. Faltam mais 4 carreiras, quase 1000 malhas para poder conhecer esta peça longe das agulhas ;o)





13 de dezembro de 2013

yo, k2tog, yo, k2tog...yo, slip2kwise together k1 pass slipped sts over...

Eu eu que julgava à uns tempos ser aversa à terminologia de tricot em inglês, olhava para instruções com termos assim e mais parecia um código difícil de decifrar, tal como me disseram uma vez, mais parecia código morse... De mansinho a terminologia foi entrando, mas sobretudo pelo crochet e comecei a pensar que até não seria tão difícil assim e até bem mais simplificado que o nosso querido português... Esta echarpe enche-me as medidas e anseio por uma deste género para mim, com uma lã mais nobre e que permita um melhor bloqueio da peça, pois esta lã não aceita ferro e muito menos vapor ainda que distante, a peça fica muito espalmada, valeu-me umas experiências que andei fazendo para uma 'brincadeira' que faço todos os Natais para o grupo de filatelia do qual o meu marido faz parte e pude constatar que a lã Pradera da Lanas Stop não é uma opção feliz para um bloqueio mais 'agressivo' que acho que nesta peça seja o mais indicado para desvendar melhor o esquema do lace edging... este fim de semana provavelmente já a terei terminado e será um tipo de trabalho para repetir com muita certeza minha ;o) E até agora ainda apenas estou a usar 1 novelo de 100g e julgo ser suficiente para terminar;o)
Bom fim de semana ;o)




11 de dezembro de 2013

Muito perto

de ter todos os hexágonos que considerei necessários para a manta de hexágonos. É certo que gostaria que a manta fosse maior, no entanto 1,50m x 1,50m será mais ou menos o tamanho dela (sem contar com o bordo) Já conta com 200 hexágonos e ainda me faltam fazer mais uns trinta e poucos para poder dar como concluída a fase de elaboração de hexágonos e união dos mesmos, depois segue-se a tarefa mais aborrecida, a dos remates e corte de pontas no avesso e a que irá dar por concluída a peça: a confecção do bordo (ainda por decidir).

a foto não está a melhor mas dá para ver que a manta já está bem grande, falta-me completar a carreira de baixo e fazer uma outra carreira no lado direito da manta

uma ideia das pontas por rematar, cortar...


A Titanium Shawl já está muito perto de atingir as 231 malhas necessárias para começar o lace edging. Não vos mostro fotos porque as agulhas não permitem ver bem e além do mais é sempre o mesmo ponto por isso nenhuma novidade.

E o que vos contei ontem quanto à lã 'Cezanne' que tinha comprado e que ainda não sabia bem o que fazer com ela já está bem começada e digo-vos bendita a hora que desmanchei o que tinha já feito e me decidi a fazer esta peça, o ponto mousse (garter stitch), ou santa clara (segundo a fonte) dá uma graça a este fio que o ponto meia não dá, muito menos o ponto liga por si só e com os trocidos no meio desse fundo eu adoro ainda mais a cada carreira que faço.


10 de dezembro de 2013

Já me decidi !


Lembram-se desta imagem de um projecto que queria fazer para mim mas que ainda não me tinha decidido o que seria? Pois já me decidi, mas tive que desmanchar o que já tinha feito.
Será isto:

mañanita en dos agujas o palillos

Mañanita (fonte: Tejiendo Perú)



9 de dezembro de 2013

Sexta-feira, Sábado e Domingo


Na 6ª feira terminei a boina de criança, praticamente fi-la igual às instruções, se bem me lembro apenas não fiz uma carreira antes das reduções. Como a lã era mais fina que a da instruções, bem como a agulha, acabou por servir na perfeição para tamanho de criança de 2/3 e talvez 4 anos. Experimentei-a no meu filho e está à larga para cabelo de menina que sempre enche mais a boina.


No sábado iniciei uma nova prenda de Natal, um novo extra, para alguém que sempre se lembra do meu filho e que ia caindo no esquecimento. Com isto quero também comentar que neste Natal decidi ofertar as pessoas que estiveram presentes na minha vida durante o ano, aquelas pessoas que se lembram de nós muitas das vezes algumas sem nós tomarmos a iniciativa primeiro, são essas que este ano vão receber uma prenda feita por mim sem sequer estarem a 'sonhar' receber. Com isto digo que independentemente que venham a usar ou não o que lhes fiz, sei que vão ficar contentes pelo gesto, porque é mesmo disso que se trata, de um gesto de amizade, gratidão por existirem e se interessarem em manter uma ligação próxima, ainda que de tempos a tempos.
Neste extra decidi ser um bocado mais exigente, nada a ver com a importância dessa pessoa para mim mas porque me apetecia fazer algo diferente do que tenho vindo a fazer e decidi fazer a Titanium Shawl, uma echarpe lindíssima que assim que a vi no ravelry disse para mim mesma que um dia queria uma para mim, o destino tem destas coisas engraçadas e acabei por achar ser a cara da pessoa que a receberá de presente. Escolhi o cinza escuro por saber que é um das cores que a ofertada prefere (a par do preto) e como é de uma senhora que tem idade para ser minha mãe, acho que melhor não podia deixar de ser. Estou um bocado receosa se conseguirei fazer o lace edging das intruções, falta-me metade da peça para pensar nisso, é um friozinho na barriga que espero vir a dissipar com a continuação da execução desta peça.
Como estou a usar agulha circular não muito comprida não consigo mostrar melhor como a echarpe vai ficando. 
Agora podem aceder à minha página no Ravelry (na barra de páginas no topo do blog) que já tinha criado à algum tempo mas nunca mais tinha actualizado, lá espero fazer algumas anotações nos projectos que irei fazendo, principalmente os de instruções do Ravelry. Boa semana ;o)

Img_1977_small2
a Titanium shawl, de Heidi Alander

Sábado

Domingo

5 de dezembro de 2013

A árvore de Natal e o presépio

Sempre fui apaixonada pela decoração da árvore de Natal e tudo o que pudesse ser decorado, mas o presépio sempre foi algo que sempre adorei fazer, já fiz em tamanho grande, pequeno e mini, muitos com pedras, galhos, pedaços de cortiça, cartão, musgo, searas naturais, com o tempo tenho vindo a abdicar da terra e até da água para fazer o presépio e desde que fui mãe tento tornar o presépio o mais prático de montar e desmontar e que não suje muito. 
Usei uma manta polar castanha para o fundo e a base da árvore é um garrafão de plástico de 5 litros. Fiz uns andares com caixas baixas por baixo da manta. Prendi uma parte da manta à pega do garrafão e daí formou-se a cabana para o Menino Jesus, a Virgem Maria e o São José. Os campos verdejantes (poucos, confesso) feitos de lãs em tons de verde e salpicados de lãs coloridas para as flores. O rio também é de lãs em tons de azuis. O menino jesus também tem umas palhinhas fofinhas de lã cor de pérola.
 Montámos a árvore de interior com os enfeites que temos  e o presépio era dos meus pais que ao longo dos anos foram adquirindo peças comummente compradas nos mercados/feiras, actualmente a grande maioria das figuras está lascada e gasta mas não troco estas figuras de presépio por mais nenhumas ;o) Agora sim a casa vai sentindo o Natal cada vez mais perto ;o)


O 'extra', a árvore, um enfeite fácil e uma forma de organizar

Bom Dia ;o)
Não me decidia quanto ao 'extra' que tinha comentado no post anterior e do nada me lembrei de fazer uma boina igual à que fiz para mim mas em tamanho de criança, esta boina é incrivelmente fácil de memorizar, tão fácil que nem precisei até agora das instruções ;o) Veremos se não terei que fazer alterações, no entanto penso que não já que estou a usar uma lã de bebé com agulha 3,5mm, quando na minha boina e com o mesmo esquema usei uma lã grossa com agulha 5,5mm (e aí tive mesmo que alterar as instruções).


Já montámos a nossa árvore de Natal interior, e a exterior também, uma versão mini de árvore de Natal. Quando tiver o presépio montado mostro a interior.
A árvore de Natal exterior está no alpendre de entrada e a lã é a rainha, ontem fiz mais uns enfeites tão rápidos e fáceis de fazer que até já me estou a lembrar de os usar para enfeitar os embrulhos dos presentes ;o)


Os enfeites são estes e fi-los assim:

começo pelo laço
10 voltas à volta de 3 dedos
coloco por cima de um pedaço de fio
faço as pontas do laço
5 voltas a 4 dedos
colocar por baixo do que se fez anteriormente
e também por cima do fio
faço 2 nós
já está !


E apesar de estar constantemente a arrumar as lãs, os restinhos de lã andam sempre a desarrumar-se por mais novelos e novelihos que faça e já arranjei uma forma de os organizar. Assim:

com um corte em cada lado do rolo trinca-se o fio da lã
E a semana está quase passada, uma boa 5ª feira para voçês ;o)

4 de dezembro de 2013

Mãe Natal

É como me sinto ;o) Hoje olhei para todas as prendas que fiz e adorei a sensação de 'dever' quase cumprido, falta-me um 'extra' (foras dos planos iniciais) que ainda não me decidi e a manta de hexágonos que já ronda os quase 180 hexágonos para se aproximar a um quadrado de 1,50mx1,50m (o que ainda acho pouco...). Hoje venho mostrar-vos a gola que fiz ontem, bowknot como lhe chamam, fi-la de modo diferente, deixei a aba para o fim mas acabei por não separar malhas mas levantar malhas posteriormente, não ficou franzido, não era isso que pretendia e gostei do resultado. Mas o que ainda gostei mais foi mesmo do padrão que fiz, uma invenção aqui da minha cabeça que quero muito repetir futuramente, fi-lo com os pontos cruzados, a base para os torcidos (cables, em inglês) e com o ponto mousse (garter stitch, em inglês) e este último ponto faz um efeito muito bonito juntamente com os pontos cruzados. Vejam lá a sinceridade do meu marido que ele até disse ser uma gola 'má empregue' para uma menina de 6 anos ;o) E o melhor é que serve também para adulto, pois a malha estica bastante ;o)
Boa 4ª feira para voçês ;o)

frente

verso
 
as prendas todas separadinhas e prontas para embrulhar ;o)

3 de dezembro de 2013

Agasalhos para o pescoço

E já iniciei o último agasalho para o pescoço que vai estar na árvore de Natal de um amigo/familiar, estou a 'dar-me ao luxo' de inventar a ver como isto corre ;o) Alguns já tenho feitos à dias e publicados na página M♥M Tricot e hoje publico o que acabei hoje e comecei também ;o)




a gola do lado direito será para uma menina quase da mesma idade que o meu filho, adoro esta versão pequenina
a do lado esquerdo penso transforma-la em gola-laço mas começo-a ao contrário, a ver como corre...