Instagram

Entre agulhas e outros hobbies é aqui que me encontram ! @uma.pausa.para

28 de novembro de 2013

Enfeites Natal

Este ano quero fazer enfeites natalícios, quer para a árvore quer para a casa. Tenho até muitos enfeites mas quero muito dar o ar da minha graça à casa e será uma boa solução para restos de lãs.  Vi este (estrela) e este (árvore) tutorial mas acabei por fazer modificações a ambos, fazendo pontinhas nas estrelas e nas árvores, bem como na base da árvore. Não sei bem se terá estás cores, este ano apetece-me azul forte, tal como o da estrela grande azul que vos mostro, até já comprei uma fita de rolo fininha e com estrelinhas pequeninas da mesma cor. Se tiver oportunidade mostro-vos como se faz essas pontinhas, pois quero registar como fiz não vá querer repetir um dia e não me lembrar ;o)
Boa 5ª feira ;o)








27 de novembro de 2013

Tricot dos últimos dias

Por mais que eu goste de crochet não consigo passar muito tempo longe das 2 agulhas de tricot e como ainda tenho em falta algumas ofertas, algumas um extra para mim pois recordei-me que estou em falta com uma pessoa que sempre se lembrou do meu filhote mas como não somos amigos directos, mas amiga dos meus sogros, achei bem pensar numa peça aconchegante para a netinha deles que nasceu dias depois do meu filho. Juntando à lista de pendentes, mais uma oferta para uma afilhada de um amigo nosso, mais crescida e para essa terei que arranjar lã a propósito, algo rosa e mais rosa porque a menina gosta dessa cor. Mais uma ou outra oferta que quero muito fazer e a minha lista de ofertas feitas por mim chega quase ao fim, já que a manta de hexágonos faz parte dessa lista e ainda está um pouco longe se estar concluída.
Toda esta conversa para dizer que tenho tricotado muito e para não sobrecarregar o blog, e também por falta de tempo, não tenho mostrado. Sou apologista de quando se está a blogar não se tricota ou crocheta (ou não se faz a lide doméstica) logo, no meu caso, tento dedicar o meu tempo livre, por vezes a altas horas a fazer estas peças que daqui a menos de 1 mês irão estar debaixo da árvore de natal de algumas pessoas amigas e familiares.
E antes que vos mostre o que tenho feito conto-vos que desmanchei aquela baktus-gola  em crochet, desde então nunca mais fui à loja das lãs e eu detesto ter trabalhos a meio. Apesar de eu ter gostado do efeito que fazia decidi pegar nas agulhas de tricot e no mesmo dia que se acabou a lã preta da baktus-gola comecei uma baktus scarf, tinha lã e resolvi dedicar-me ao tricot para essas peças, é mesmo muito mais económico, a lã preta ficará para outra ocasião. Por enquanto crochet só mesmo para a manta de hexágonos e futuramente a colcha de estrelas que tem sido colocada de parte.

acabada no fim de semana

mais 2 trabalhos em curso, uma gola bow-kont para criança e outra baktus-scarf, mas mais estreita - tudo com lãs que já tinha em casa e acho que é desta que o meu stock de lãs e restos delas leva um rombo

26 de novembro de 2013

Como fazer lados rectos numa manta de hexágonos - Parte 1

Foi um bocado difícil arranjar um titulo para este post e ainda assim acho que pelo titulo muitos não chegam a perceber o que tenciono explicar a não ser que leiam o post até ao fim ;o)
Depois de ter acabado a minha manta de quadrados, quis experimentar fazer uma de hexágonos mas fui adiando, até que para este Natal decidi(mos) oferecer uma feita por mim aos meus sogros mas logo que a manta foi crescendo fui ficando com a ideia de tentar fazer a manta sem os contornos 'recortados' que a própria forma do hexágono confere à peça.  Depois de algumas tentativas, principalmente a de fazer meios hexágonos coloridos (tal como os inteiros)  mas a maneira mais fácil de fazer não permitia o contorno branco, pois ficava muito grande, depois experimentei fazer mais pequeno e não gostei. Depois de algum tempo sem pensar no assunto e depois de uma noite complicada para dormir (filhote doente e eu também) consegui finalmente o efeito que pretendia. A 1ª vez que testei experimentei logo com uma carreira a contornar esses meios hexágonos e os inteiros também e ficava direitinho mas dei-me conta que a minha união dos hexágonos (a branco) tende a ser com pontos mais alargados, talvez pela posição que temos que unir com o join-as-you-go seja mais favorável a isso ou então porque talvez faço-o depressa demais.  Falo nisto porque depois com a confecção destes meios hexágonos tenho que ter essa mesma forma de trabalhar, senão acaba por ficar com pontos mais pequenos, apesar do ponto ser o mesmo. Através deste passo-a-passo poderão reparar melhor neste aspecto. 

Coloquei este post como Parte 1 porque irei mostrar noutros posts como fiz meio hexágono apenas trabalhando junto a 2 lados de um hexágono de apoio e como fazer para preencher a zona em ziguezague da manta.

em 2 lados os contornos ficam em ziguezague e noutros 2 com forma denteada


mostrarei num próximo post como fiz este meio hexágono, bem como o preenchimento dos 2 lados em ziguezague



Como fazer lados rectos numa manta de hexágonos - Parte 1

1
a imagem não mostra bem mas é o nó base para se iniciar o crochet

2
laçada para iniciar ponto alto

3
inserir agulha no canto do hexágono inferior e fazer nova laçada

4
como fica após o passo 3

5
nova laçada e fechar s 2 pontos na agulha

6
3 pontos altos 

7
e continuar a fazer 3 pontos (sem correntes) até ao próximo canto
8
inserir agulha no 1º espaço do hexágono à esquerda

9
trazer para a frente uma laçada 

10
e fechar o ponto com o que estava na agulha

11
3 correntes

12
inserir agulha no próximo espaço acima do anterior

13
puxar uma laçada e fechar

14
virar o trabalho 

15
e passar o fio para atrás da agulha
16
fazer mais 2 pontos altos no espaço que se formou na união com o hexágono contornado a branco
(as 3 correntes como como 1 ponto alto)
17
continuar a fazer 3 pontos altos em todos os espaços (incluindo o que se formou na união da parte a laranja com o hexágono contornado a branco
18
unir como se fez nas carreiras anteriores
19
3 correntes e unir no próximo espaço e virar o trabalho
20
passar o fio para trás da agulha
21
3 pontos altos
22
3 pontos altos em todos os espaços, unir, 3 correntes e unir e repetir os últimos passos até chegar ao outro canto do hexágono lateral
(podem reparar na altura dos pontos altos a branco e os pontos altos a laranja, estes últimos parecem mais pequenos, como vos expliquei tendo a alargar demasiado as uniões em join-as-you-go e a solução para esta discrepância não se revelar na hora de contornar a peça por inteiro irei tentar alargar mais o ponto nesta parte)

23
como faço o bloqueio dos quadrados e também dos hexágonos:
 1 ponto alto no canto do hexágono direito

23
com laçada na agulha insiro a mesma por dentro das correntes do canto,

24
laçada para executar o ponto alto

25
como fica o ponto antes da laçada final.
(desta forma as uniões dos quadrados e hexágonos ficam muito firmes e direitas, nunca vi esta forma de fazer, tentei algumas outras que existem mas que não gostei e depois de algumas experiências cheguei a esta forma de bloquear os quadrados )
26
ponto alto no canto
27
3 pontos altos em todos os espaços

Nesta imagem podem ver que a peça ondula ligeiramente no meio hexágono que fiz mas tal como vos expliquei deve-se a ter apertado demasiado o ponto nesta fase.


25 de novembro de 2013

Progressos na manta de hexágonos

Este fim de semana foi bastante produtivo, a manta cresceu até aos 155 hexágonos e eu finalmente consegui fazer algo que andava a tentar à já algum tempo, o de tornar os lados de uma peça de hexágonos em crochet em lados direitos, rectilíneos, sem o efeito recortado dos hexágonos. Não que eu não gostasse desse efeito, no entanto quando se oferece algo a alguém tenho que ter em conta o que essa pessoas possa gostar e penso que com os lados direitos possa vir a ser uma manta mais prática para usar, pois com o efeito recortado ela tende a perder um bocado a forma, ainda que com um bordo. Brevemente mostrarei aqui como fiz e depois de algumas tentativas que também mostrarei acho que esta opção fica muito melhor e encaixa muito bem com os outros hexágonos. Já testei este preenchimento desses espaço com mais uma carreira a contornar e ficou direitinha, sem ondulações e isso deixa-me mesmo muito satisfeita ;o)
Boa 2ª feira para voçês ;o)






21 de novembro de 2013

Uma baktus-gola

Hão-de pensar: «Ou é baktus, ou é gola !» pois a falta de material proporciona situações destas e só não vos posso mostrar como funciona esta minha teoria porque na realidade acabou-se a lã preta que tinha em stock e que deu para tantos trabalhos. Era para ser uma baktus scarf mas uma versão mais estreita mas como não usei nenhum esquema/instruções ( e não é que não tivesse...) acabei por ir 'ao sabor do vento' até que achei que estava a ficar com pouca lã e decidi começar a reduzir nas carreiras, até acabar-se a lã... A particularidade desta baktus-gola é que tem carreira de restos de lãs que ainda vagueiam por aqui e juntamente com a lã preta torna essas carreiras mais cheias e o efeito dos 2 fios (preto e cor) acho que dá uma conjugação engraçada. Já estive a testar a transformação desta baktus 'curta' para se transformar numa gola seguindo a lógica das golas laço/gravata que tenho feito, mas agora em crochet. Num próximo post logo vos mostro.  Seguem-se as fotos possíveis (neste dia cinzento) para perceberem melhor o que escrevi.
Boa 5ª feira !






para se tornar perceptível apliquei um efeito 'especial' nestas últimas fotos. A zona franzida do lado esquerdo será a zona da alça por onde vai passar a outra ponta que me falta finalizar

20 de novembro de 2013

Trabalho rápido, para aquecer a cabeça ;o)



Ao fim de um ano voltei a fazer um gorro. Neste blog não ficou documentado mas mostro-vos como ficou. Estava imbuída pelo espírito natalício e quis muito fazer um gorro com o topo com ponta comprida e pompom e que o mesmo ficasse pendido  ao usar. Segui as instruções de um gorro de bebé recém-nascido mas fiz com 2 fios juntos e agulha nr 6, resultado: serve ao filho, ao pai, à mãe... LOL Ficou muito elástico ;o) O gorro que comecei ontem de tarde (e que de noite já estava pronto) fiz com agulha nr 6 mas com a lã Winter Print da Miltons que usei para este casaco de tricot para o meu filho. Irá ser uma prenda de Natal e depois de ter experimentado na minha cabeça adorei ver-me com ele, logo eu que não sou nada de usar gorro, mas adorei mesmo, veremos quando farei. As instruções que segui foi a deste vídeo, mas resumindo posso explicar por alto como é a confecção:

(passo 1)
Montam-se 37 pontos na agulha
1ª carr.: tudo em liga
2ª carr.: tudo em meia
3ª carr.: tudo em liga
(repete-se sempre estas 3 carreiras) fazendo uma lengalenga: liga, meia, liga, liga, meia, liga, liga, liga.... até atingir uns 40 cm com a peça um pouco esticada, não muito. Como fica muito elástica dá para muitos tamanho de cabeça, para quem tem um cabelo mais encorpado mais umas carreiras e fica bom. Apenas tem que se ter em conta em terminar do lado direito do trabalho com as últimas carreiras em meia e rematar, deixando ficar apenas uma malha na agulha de tricot (passo 2). Essa malha irá servir para continuar o trabalho na lateral da peça e com a agulha de crochet puxar laçadas do fio que se estava a trabalhar e colocar na agulha de tricot. No vídeo indicavam 60 malhas na totalidade, a mim deu-me 50, no entanto o ideal é não espaçar muito as malhas nem apanhá-las muito juntas umas às outras.

(passo 3)
Com as malhas na agulha tricotar:
1ª carr.: tricotar 2 pontos juntos em meia até ao fim (aqui alterei os pontos, pois no video dizia em tricot, ou liga)
2ª carr.: tricotar tudo em liga
3ª carr.: tricotar 2 pontos juntos em meia até ao fim
4ª carr.: tricotar tudo em liga
5ª carr.: tricotar 2 pontos juntos em meia
6ª carr.: tricotar tudo em liga

(pode acontecer em alturas de se tricotar os 2 pontos juntos em meia de no fim da carreira só sobrar uma malha, e não 2, eu tricotei essa malha sozinha).

(passo 4) -sem imagem
Com o último conjunto de pontos passar o fio do novelo (cortar o fio mas deixar uma ponta comprida para a costura da peça) por dentro das malhas da agulha, puxar o fio e costurar até à base do gorro. Fiz a costura na zona da dobra por forma a não se notar do lado que fica visível. Para evitar-de ter que ter este trabalho em fazer 2 costuras diferentes, uma para as maior parte do gorro e outra para a dobra e não gostarem da dobra, reduzam os pontos na montagem da malhas, ainda não experimentei mas talvez reduzindo 10 malhas já encurte a altura do gorro.

Se acharem estas instruções complicadas vejam o vídeo para perceberem melhor ou então vejam uns desenhos que fiz ;o)



à esquerda o gorro que fiz ontem
à direita o gorro que fiz à 1 ano atrás