30 de julho de 2013

Xaile acabado

Já tenho o xaile acabado desde 6ª feira passada (26 julho) mas a minha vida tem estado dificultada para poder tirar fotos, publicar, muito pó e entulho. Ficou grande,sensivelmente 1,70 de comprimento e 86 de altura, a ponta  em 'V' fica abaixo da linha da anca. Fiz um bordo em linhas estreitas e rematei o xaile com ponto caranguejo que apesar de enrolar um pouco o bordo faz um bonito efeito. Com o que me sobrou de lãs pus-me a experimentar um granny square que tinha inventado mas ainda assim fiz uma alteração e tenho estado a gostar apesar da infinidade de padrões que as 5 cores permitem num square de apenas 3 cores que não se repetem e como o bordo é unico para cada um e em 'join-as-you-go para unir é uma tarefa trabalhosa tentar não repetir os mesmos padrões ou pelo menos tentar haver uma miscelânia mais homogénea de cores.








26 de julho de 2013

Crescendo nos minutos vagos

A noite tem sido mais produtiva e nem por isso tenho sentido mais calor ao ter este xaile sobre mim, menos mal ;o)
Já fiz mais umas carreiras e neste momento estou a fazer um bordo que comecei a fazer ontem (quando já tinha definido outro). Estou ansiosa para o acabar e não é para mim, imagino se fosse ;o)




22 de julho de 2013

Troquei a agulha pelo pincel

até comprar novos novelos para o xaile. Pensei em deixá-lo com um pouquinho mais que os 140cmx70cm, mas vou fazer quem sabe mais 20 cm, terei que comprar mais uns 5 novelos, 1 de cada cor.

Tenho andado ocupada com outros afazeres, a tentar reaver a 'beleza' de uma das minhas bancadas da cozinha, no ano passado caí no erro de ir nos conselhos de um funcionário do LM e envernizei a bancada com um verniz aquoso capaz de aguentar todo o tipo de agressões, mas ao fim de umas semanas estava uma desgraça e para meu consolo o primeiro verniz que empreguei à anos atrás fez o seu papel e não deixou a madeira se estragar já o verniz de cima apodreceu (visto ser o do lava loiça). Como as minhas preferências actualmente recaem nas agulhas, linhas e lãs tenho feito o possível para não estragar as minhas mãos mas isso é quase uma tarefa impossível, pois detesto usar luvas e as que consigo usar rompem-se depressa...

Falando novamente nas lãs, tenho feito algumas estrelas para a colcha que quero fazer para o meu filho e a cada que faço mais encantada fico com o efeito final. esta colcha será costurada e isso será uma novidade para mim, mas só começarei a sério nesta colcha quando acabar umas obras/pinturas que vamos começar brevemente e depois de acabado o xaile, por isso talvez este cantinho esmoreça um pouquinho mas farei os possíveis para vir cá espreitar.


20 de julho de 2013

140 cm comprimento x 70 cm altura

assim estava o xaile ontem de noite, mas acabou-se me a lã branca para continuar e todas as outras também estão a ir pelo mesmo caminho... Gostaria de fazer mais 10 cm quer para o comprimento quer para a altura para ficar um xaile mais bem composto, daqueles que agasalham e aconchegam bem.



18 de julho de 2013

Mala nr 3 acabada

Na madrugada de ontem terminei a mala. O forro já está no lugar e já a usei bastante e estou a adorá-la, bom bom seria se ela tivesse alças compridas mas a minha faceta de não querer gastar mais dinheiro em material, enquanto não gastar grande parte do que tenho, está a tornar-se cada vez mais vincada por isso ficou como está. Prendi o forro com 4 botões, tal como fiz na mala nr 1 e o tecido do forro foi o mesmo dessa mala. O fecho eclair foi um problema, não para costurar ou adaptar mas porque não tinha nada que ficasse bem com as cores da mala, até que encontrei uma bolsa de rede que revestia uma toalha quando me a ofereceram e como nunca vi nenhuma função naquilo, mal olhei para a cor os meus olhos brilharam. Mais uma vez tento usar o que vagueia cá por casa ou armazém de roupas que não servem ou já não gosto. Optei por fazer novamente um pendente para enfeitar a mala, totalmente inventado.










15 de julho de 2013

Mala em slow motion...

Falta rematar umas pontas e pensar num forro, acabei por fazer a alça mais curta do que desejava mas por me estar a consumir muito novelo e porque a minha ideia era aproveitar o que já tinha em casa, deixei-me ficar pelo tamanho da alça que ficou.




12 de julho de 2013

A cores que me enchem o olhar...

de alegria. Apesar de ainda não estar focada em começar a manta/colcha para a futura cama do quarto do meu filho, nos últimos tempos andei pesquisando cores de algumas marcas/modelos com que trabalhei e gostei e até hoje de manhã, antes de entrar na loja das lãs eu não tinha encontrado AS CORES IDEAIS. Adorei trabalhar com a lã que usei na colcha grande que fiz mas como é uma gama 'baby' o leque de tonalidades é pouco arrojado, apenas o vermelho e o azul eram mais garridos e não me apetecia usar a mesma tonalidade de azul que usei. A paleta de cores teria que ser branco, amarelo, vermelho e azul, cores que ficam lindíssimas (no meu gosto) num quarto de menino crescido e alegres sobretudo. Na gama 'baby' o amarelo era muito pálido e fiquei de pé atrás em usar essa gama... até a Srª me aconselhar uma marca nova por lá e do alto da prateleira cores vivas, alegres e brilhantes e SUPER MACIAS, tal e qual a de bebé e o outro ponto a favor, o preço, mais em conta e o facto de serem novelos de 100g. Vim de lá felicíssima por ter conseguido o que queria. Quando começar com estrelas e hexágonos venho cá documentar e acho que a partir desse dia não vou conseguir parar até acabar ;o) Por enquanto é só para namorar os novelos ;o)


11 de julho de 2013

Em modo Bobble

Tenho estado à tanto tempo para aprender o bobble stitch e apesar de não ser nenhuma 'ciência' haviam detalhes que eu não sabia. Até hoje apenas conheço tutoriais em inglês a ensinar e apenas com este cheguei lá, apesar de não ser totalmente descritivo em imagens lendo o texto com cuidado finalmente percebi. Adoro o efeito que faz ;o) Quis usar linhas que já tinha e que andavam a pedir para serem usadas e só para 'chatear' não chegam para concluir a mala, terei que ir comprar mais azul e amarelo. Lá terei que fazer o 'esforço' de ir à loja da lãs ;o)



10 de julho de 2013

Para mim

Não será muito grande em termos de comprimento mas é perfeita para a minha carteira e telemóvel e mais qualquer coisinha. Não gosto muito de malas grandes e para testar vou fazê-la mais pequena. Terá mais cores. A base é em azul claro meio acinzentado e terá branco e amarelo para alegrar. Uma mala para mim ;o)





8 de julho de 2013

De tudo um pouco

Nos últimos dias tenho feito de tudo um pouco e tudo em crochet, tenho mesmo de resgatar o meu tricot outra vez, mas não tenho nenhum projecto pendente para agora, lá para setembro quero resgatar o casaco que me falta acabar apenas as mangas e a gola, por isso acho que o tricot vai ter que esperar. Tenho andado em testes. Pensava fazer uma colcha para a cama do meu filho em algodão, mas mudei de ideias e vou querer fazer em lã acrílica igual á que usei para a colcha da minha cama, a de bebé da bmg affinitas, adorei trabalhar com essa lã (ao contrário da que estou a usar para o xaile que quero ter pronto antes de setembro) e tenho andado a testar a conjugação de cores do esquema da revista e gostei de 2 e esta manta vai ser muito alegre e quentinha para os dias cinzentos do ano. Optei por não fazer uma em algodão porque no verão não sou de colocar muita roupa de cama e seria apenas para efeito decorativo e não é bem isso que pretendo. O esquema a seguir já é-me familiar, usei-o para esta mala.
Ao fazer o barquinho em crochet fiquei apaixonada pelo sol em crochet e comecei a experimentar em algodão e em acrílico e quero fazer uns quantos para saber como fica numa composição e mesmo que não use em algo maior são apliques bonitos para alguma ideia que me surja.
O xaile está a crescer, todos os dias tenho feito uma carreira ou duas, mesmo com o calor abrasador, à noitinha lá vou adiantando.

esquema de cores nr.1 para a colcha 

Esquema de cores nr.2 para a colcha

muitos sóis

o avanço do xaile

Adicionar legenda

mais uns sóis com as las do xaile, apenas uma experiência

5 de julho de 2013

'Cheiro' a Verão

Já terminei o barquinho que quero oferecer a uma prima, acho uma peça muito amorosa e que alegra qualquer cantinho de uma casa. Inspirei-me aqui, apenas o sol (com um raio a menos (por engano meu) e o peixinho foram feitos a partir desse tutorial, o resto acabou saindo da minha cabeça. Para o barco usei o esquema das estrelas que tenho vindo a fazer (e que usei para a última mala que fiz) mas deixei 2 pontas das estrelas por fazer. Para a vela segui a lógica das pontas das estrelas e fui reduzindo até culminar na ponta da vela. A bandeira foi complicada de atinar e mesmo olhando para o tutorial não conseguia-me ajeitar e acabei inventando e não me perguntem como fiz porque já nem me lembro ;o(. O coração que enfeita a vela também foi inventado e até resultou bem.


dobrei 2 pontas de uma estrela de 6 pontas para exemplificar como
fiz o barco, depois é só dobrar  para fazer o barco


4 de julho de 2013

Mala nr.º 2 - acabada

Acabei-a a tempo ;o) mas ela apenas irá conhecer a sua futura dona no fim de semana, até lá agora estou entretida com outra prenda para esse mesmo dia, não será de aniversário mas de amizade a alguém de família que já não vejo à largos anos e que todos os anos volta à terra que a viu nascer. Será portanto uma recordação para a sua família.

Seguem fotos que adorei registar, sempre com o mesmo modelo mas em fundos diferentes do meu Lar Doce Lar:


em contraluz numa das janelas cá de casa que brevemente irá ser substituída por outra, mas nova.



Pormenor do fecho

uma pereira e uma gaiola de pássaros como fundo


uma árvore da borracha como fundo


um estore que protege o sol de entrar num alpendre

pormenor do canto da mala

o que ando a fazer, inspirando-me aqui mas utilizando o esquema da estrela (novamente) mas sem 2 pontas opostas da estrela.


3 de julho de 2013

Em passinhos de bebé...

...tem vindo a caminhar a mala que estou a fazer em crochet. Andei meio perdida com o forro, quis adaptar um que retirei de uma mala, pois tinha bolsos já incluídos. Mas para esta mala eram demais e adaptar ao formato trapezoidal da mala os mesmos iriam atrapalhar um pouco o uso da mala e depois de perder tanto tempo de roda desse forro, decidi fazer uma pausa para nada, para refrescar ideias e dar um up na minha predisposição para seguir com outro forro e acho que foi na 2ª feira que o fiz e costurei (à mão) logo à mala. Depois só hoje peguei de novo na mala para costurar as laterais em crochet e até à pouco costurava o fecho éclair (também à mão), mas ainda me falta mais um bocadinho, mas quis vir aqui mostrar o ponto de situação. Espero logo mostrar esta mala acabada ;o)