31 de maio de 2013

Colcha de Squares: Uma espreitadela

Cheguei à meta para concluir a colcha e não a tenho acabada. Imprevistos surgiram e a minha disposição para a colcha não era a melhor, no entanto perdi tempo precioso a testar um bordo para a colcha, ainda não satisfeita com a minha última opção testei e testei, de pouco me serviu olhar para revistas, livros e net, cada vez que pensava em adaptar à colcha e aos 'furinhos' dos quadrados não era fácil. Optei por inventar, fazer e desmanchar muiiiittass vezes tantras que já estava a desmoralizar, até que me lembrei de fazer algo que tinha gostado de ver em alguns trabalhos de crochet, o ponto de crochet que se apanha carreiras abaixo da que se está a trabalhar (imagens1,2 e 3).
A carreira logo a seguir aos quadrados alterei-a e inventei novamente e não é que me agrada e muito, não sei se já existe esta forma de 'bloquear' os quadrados por forma a que as uniões fiquem direitas e perfeitinhas mas adorei o resultado (imagens 4,5 e 6). Logo vos mostro como fiz, no ponto central fica uma espécie de ponto cruzado que aperta bem a união dos 2 quadrados e a torna mais definida, sem fazer aquela típica onda que fica nessa zona.


2

3
4 - a branco para se ver melhor como fica o bordo logo a seguir aos quadrados e a respectiva união dos mesmos

5 - o avesso do bordo

6 - O bordo na cor final

7 - o avesso







27 de maio de 2013

De fugida

tenho a dizer que já tenho todos os quadrado feitos, 324 no total. Yiupppiii!!! Quer dizer... 323,75 ! É que me tinha que acabar a lã bege exactamente quando me faltava menos de metade para acabar o último quadrado, é muito azar... Escapei-me de me acontecer o mesmo com o castanho e consegui contornar todos os quadrados que tinham castanho (veleu-me muitas experiências que fiz com essa lã ainda antes de fazer esta colcha, até uma meia eu desmanchei, que até estava bem feita mas não gostei do esquema), mas não tive a mesma sorte com o bege.... Ao menos o quadrado que me falta terminar é exactamente o último para ser unido, fica mesmo no canto, por isso só depois de unir todos é que vou comprar não vá também o azul me faltar novamente ;o) E esta colcha já ronda os quase 70 euros em lã, mas é uma satisfação tê-la quase acabada ;o)
Boa semana, volto com ela acabada ;o)

24 de maio de 2013

Bem diferente, mas acho que sim !

Andei em experimentações e acho que cheguei ao bordo ideal, cheguei à conclusão que vou ter que me render ao azul apenas e que para contrastar com os quadrados elaborados um bordo mais simples mas mais cheio é capaz de resultar melhor. O resultado é um pouco do que fiz para as pétalas da flor. Apenas terei que me decidir como centrar o bordo com os quadrados e se farei mais uma carreira antes dos redondos. Venha mais azul e de azul se pinta este blog, a minha casa e a minha vida !

provavelmente terei que fazer mais uma carreira, ou reduzir uma, antes dos motivos redondos para poder centrar melhor os mesmo em cada quadrado

Uma ideia para a colcha

O bordo da colcha está-me a dar mais que pensar do propriamente o esquema que escolhi bem como a combinação de cores e respectivo padrão. Uma coisa sei, não posso de maneira nenhuma olhar para os milhentos esquemas que se encontra pela net, todos lindos e maravilhosos mas escolher um e depois adaptar ao trabalho que tenho feito isso ainda piora mais as minhas dúvidas. Ontem tive a ideia de fazer no bordo uma espécie de meia flor/sol que usei nos quadrados e hoje de manhã testei mas sem ter em conta cores ou a correcta posição na colcha. Não desgosto e até acho interessante passar para o bordo detalhes da colcha... tenho que estudar mais um pouco isto pois quero chegar a uma conclusão ainda hoje porque amanhã vou comprar mais lãs e queria logo comprar as que vou precisar para o bordo.

Bom fim de semana !

Estou a apontar para o que vos contei no último post, em que mantinha o seguimento dos quadrados com 3 pontos altos e 1 espaço e que queria que isso também acontecesse no canto dos quadrados, neste caso não apanharia o canto de cada um dos quadrados mas o ponto que fiz no join-as-you go. Com novas carreiras acima as mesmas ficam direitas.


a experiência meio tosca do que pretendo e olhando agora novamente talvez optaria por pontos baixos a rodear a flor/sol e ainda estou na dúvida se seria um bordo de uma cor só ou se escolheria uma combinação de cores... A posição do motivo no bordo não foi pensada e está descentrada, teria que pensar se a faria alinhada com o motivo dos quadrados ou no meio deles (na união)...

23 de maio de 2013

18x16 - 1,900kg - quase, quase lá...

Acabei de unir todos os quadrados que fiz nos últimos dias, 288 unidos. Um a um cheguei a este número simpático mas ainda me faltam 36 quadrados os quais irão fazer com que esta colcha chegue a 18 quadrados x 18 quadrados. Possivelmente acabarei esses quadrados no fim de semana mas sinceramente, e mesmo apesar da ansiedade que este trabalho me está a dar (uma ansiedade boa, é claro), não estou focada nisto a toda a hora mas acredito que seja qual fora a desculpa a meio das noites que se avizinham (seja um mosquito ou mesmo insónias), irei sem dúvida agarrar-me a esta colcha para a ter concluída no máximo até 31 de Maio, será uma oferta de mim para nós (eu e o meu marido), pois nesse dia irão ser exactos 12 anos desde que partilhámos um com o outros o quanto éramos especial um para o outro ;o)
Ando a pensar no bordo da colcha e a minha cabeça fervilha de ideias, não quero nada muito simples porque acho que esta colcha precisa de detalhes para ficar ao meu gosto. E tenho visto tutoriais de como fazer um bordo direito, ou como se diz em inglês, um flat border, que dê à peça um acabamento direito e não me agradam de todo, não gosto dos pontos que se fazem na junção dos quadrados, 2 de cada lado, ou 1 de um lado e 2 no outro. Experimentei outra versão, que nunca vi em lado algum e que não me parece má mas terei que experimentar melhor para ver se o bordo no final não fica com irregularidades.
Pesei o que fiz até agora e deu-me 1,900 kg de peso e pelo vistos a obra irá ficar pelos 2 kg, o que fará com que eu tenha gasto por volta de uns 40 novelos de 50g ! É muito novelo !!

Um resto de uma boa semana e um bom fim de semana, que se avizinha bem soalheiro e quente ;o)




20 de maio de 2013

Quase lá

Estes dias de Primavera com cheiro a Outono, vento, muito vento e chuva volta e meia dão ainda mais vontade para crochetar a minha colcha que dia a pós dia ganha forma e assumirá o seu tamanho final.
Até agora 272 quadrados feitos, 224 unidos e ficam em falta fazer 52 quadrados, tão pouco quando comparando com os que já fiz ;o) Para comemorar a conclusão da colcha irei publicar um passo-a-passo de como se fazer estes quadrados que apesar de na sua totalidade não serem da minha autoria, foram alterados por mim para adquirir o efeito que pretendia.  Uma boa semana para voçês ;o)

assim o quadrado é pouco quadrado, no entanto com as uniões em Join-as-you-go ficam um quadrado perfeito.
Este aspecto arredondado é devido a apenas existir um ponto corrente em crochet nos cantos

uma das inspirações para o header do blog, contando também com os meus gatos de carne e  osso ,o)



13 de maio de 2013

Um futuro projecto para decorar - crochet

Já há alguns dias que não me sai da cabeça em fazer 2 painéis em crochet para forrar 2 portas que farei brevemente. No quarto do meu pequenito de 19 meses existe um nicho que há longos anos atrás fora uma porta, entretanto depois foi janela e recentemente antes do meu filho nascer a mesma foi fechada e dali fiz um roupeiro que por enquanto ainda dá para pendurar as suas roupas pequeninas. Coloquei lá um varão e fiz prateleiras na parte mais baixa para colocar toda a espécie de tarecos. Para o tapar fiz uma cortina com apliques em feltro, a qual agora serve de cortina para a janela do quarto e deixei o nicho sem nada com o intuito de fazer as 2 portas, mas apenas para a parte superior, a do varão onde se pendura a roupa. Mas como o período do dia em que possa retornar às bricolages, furar paredes, montar madeiras coincidem com a sesta do meu pequeno acabo sempre por adiar. Quero muito fazer este fim de semana, mas não sei se conseguirei. E depois de pensar como fazer a moldura e como seriam as portas pensei numa forma barata e simples para forrar o fundo das portas, não queria nada pesado e também não me interessava que fosse algo que fechasse herméticamente o roupeiro, apenas queria vedar a (des)arrumação e embelezar um pouco o quarto. Fez-se-me luz ! Painéis em crochet, com apliques em crochet, mas que retratassem algo que fosse giro para crianças, talvez que fosse possível mudar conforme o gosto, mudar os personagens... Conforme fiz para o cortinado (imagem em baixo) queria dar alguma lógica nas posições dos personagens. No cortinado que fiz coloquei um foguetão a par das estrelas e lua, por baixo as nuvens, sob estas uns passarinhos e na base umas flores.
as cortinas que fiz, a foto ainda é do tempo da minha gravidez e ainda não tinha costurado os apliques em feltro apenas estavam presos com um pouco de cola. Olhando para ela sei que poderia ter mais elementos decorativos.

Para estes painéis ainda agora saiu-e este esquema, a ideia é um lado retratar o dia e no outro a noite. No dia colocar o que é costume existir e na noite também e também diferirem as cores, as tonalidades mais claras de dia e as mais escuras de noite, animais diurnos de dia e nocturnos de noite.

dia: sol, nuvens, passaros, flor, borboleta, campos verdes claros e ceu azul claro
noite: lua, estrelas, mocho, caracol, campos verdes escuros e ceu azul escuro (para não ser preto)

A questão de como prender os panéis também parece-me muito vantajosa, apenas teria que fazer os paineis em crochet um pouco maior que as portas em si e os paineis seriam presos do lado de dentro em escápulas ou outro sistema emparafusado às portas, permitindo esticar os paineis e quando se quisesse lavar seriam fáceis de retirar e se me cansasse daquele painel, fazia outro e podia trocar com outros. Estou tão empolgada mas sem modura e portas feitas nada feito e muito menos se ainda tiver em mãos a minha colcha em crochet. Não quero nada acumular trabalhos.

<a href="http://www.bloglovin.com/blog/6003613/?claim=dn5djhgttpt">Follow my blog with Bloglovin</a>

8 de maio de 2013

1,5 kg de colcha ;o)

Acabei a saga de uniões (por agora) dos muitos quadrados que tenho vindo a fazer repetitivamente. Posso dizer que não gosto de fazer muitos e depois unir esses muitos de uma assentada, gosto de ir fazendo e unindo. 224 quadrados feitos e unidos = 1,5 kg de lã. Ficam-me a faltar fazer mais 100 quadrados que espero terminar, bem como de unir ainda este mês. Estimo no final ultrapassar os 2kg de peso desta colcha e acho que vou fazer uma festa quando terminar este trabalho. Dificíl não é terminar mas sim resistir a acabá-lo antes de sequer atingir o tamanho definido inicialmente tal é a ansiedade de ver a obra concluída. 
Entrei em contagem decrescente: 100, 99...





6 de maio de 2013

Mais aproveitamentos

Até mesmo as coisas pequeninas que fiz em crochet ainda rendem para aproveitar, uma delas é um passarito  inspirado daqui (mas com algumas alterações) e uma flor (daqui) para juntar à oferta que amanhã irá chegar as mãos das aniversariante juntamente com a individual e a base para copo. Tenho trabalhado pouco na minha colcha de granny squares mas aos pouco vai atingindo o tamanho final.

para compôr a oferta mais este dois pendentes com alça em cetim (daquelas fitas que vem junto com as camisolas de mulher para ajudar a pendurar nos cabides)

Ainda muito por aproveitar...

No meio disto tudo e das lides domésticas, quando surge uma pausa faço a união dos muitos quadrados que ainda tenho por unir.

3 de maio de 2013

Aproveitando tudo ao máximo

E ainda assim ainda tenho linhas suficientes para fazer pequenas coisas em crochet e apesar do crochet gastar muito fio, dou fim aos testes de granny squares e outras coisas que fiz mas que não chegaram a ser algo em concreto. Para concluir a individual redonda tive que recorrer a esses aproveitamentos, principalmente a cor rosa e verde e ainda assim sobrou um bocado para fazer uma capa de telemóvel para mim. Meio tosca mas ficou tão mimosa.



os granny squares que testei para aprender vão sendo desmanchados para outras coisas.
A capa do telemóvel com uma face multicolorida

a outra face da capa de telemóvel.

Fazer novelos à mão

para que não se perca a ponta e o novelo se embarace. Quando vi este vídeo  (e outro tantos desta Senhora) fiquei grata de existirem pessoas que compartilham o que sabem. Este enrolar de novelos é ideal para que tem meadas grandes ou quer aproveitar linhas/lãs que já tenham sido usadas. Eu tento sempre quando uso um novelo novo de procurar o fio no inteiror do mesmo, isto porque durante o crochet ou tricot não tenho que estar sempre a dar 'esticões' no novelo para ter mais lã para trabalhar. Desta forma é um descanso até ao fim do novelo, não se embaraça e está sempre perfeitinho. Mais abaixo partilho o vídeo que a Senhora Esperanza Rosas fez:

o fio no centro do novelo

a parte de baixo do novelo

o que eu usei para fazer um novelo, um marcador grosso, mas uma agulha de tricot grossa também serve


2 de maio de 2013

Herringbone Stitch

o avesso do ponto
o direito do ponto
Pensei demorar um pouco mais a testar mas hoje de manhã a responder aos comentário feitos no post que fiz sobre o mesmo, decidi por mãos às agulhas e lã.

Não achei difícil e recorri a outro vídeo. Difícil mesmo é fazer o lado direito do ponto, porque o do avesso sai melhor.

Resumo:

Iniciei o ponto herringbone logo na 1ª carreira.
1♥ A 1ª carreira faz-se com o fio atrás e tricota-se  2 pontos juntos por trás mas quando se soltam as malhas solta-se apenas a 1ª malha deixando ficar a 2ª na agulha da esquerda. Se a malha que deve ficar na agulha da esquerda se soltar e for junto com a outra é fácil resgatá-la de novo. Quando resta apenas uma malha nesta carreira tricota-se conforme se fez com as outras, por detrás da águlha da esquerda e com o fio atrás das mesmas, no entanto apenas se tricota essa.
2♥ Na 2ª carreira, tricota-se pela frente as 2 malhas numa só, mas em ponto de liga e segue-se a mesma técnica que na 1ª carreira, larga-se a 1ª malha e deixa-se ficar a 2ª na outra agulha. Quando resta apenas uma malha, tricota-se em ponto de liga.
3♥ Repetir o 1♥ nas carreira do direito eo 2♥ nas carreira do avesso.


Dicas:
♥ Não apertar demasiado na montagem das malhas.
♥ usar agulhas bem grossas porque os pontos cruzado tendem a apertar bastante o ponto. Ainda não coloquei esta teoria em prática, mas cheguei a esta conclusão com a amostra que fiz.

Um dia destes vou tentar fazer o tutorial com o ponto mas em imagens. Não me parece ser muito fácil fazê-lo, mas vou tentar.